Província Santa Cruz - Franciscanos - OFM - Belo Horizonte, MG
Santo Franciscano do dia
            Carisma             Santos Franciscanos      
B. Inácio de Santià
22 set
A+ a-

Da Primeira Ordem Franciscana (1686-1770), beatificado por Paulo VI (17-04-1968).

Lourenço Maurício, como foi chamado no baptismo, nasceu em Santià, diocese de Vercelli, no Piemonte, e só quando mais tarde entrou para a vida consagrada mudou o nome para Inácio.

Tendo perdido o pai quando era ainda criança, foi educado cristãmente sob a orientação dum piedoso sacerdote. E não tardou a sobressair pelo comportamento exemplar, aproveitamento nos estudos e predileção pelo serviço litúrgico como seminarista da colegiada.

Ordenado sacerdote, foi nomeado cônego da igreja colegiada de Santià. Também lhe foi proposto o ofício de pároco, mas contra o parecer dos parentes, que lhe auguravam uma brilhante carreira eclesiástica, renunciou à proposta. Pouco depois, anelando por uma maior perfeição, disse adeus a todas as coisas terrenas, e vencendo um sem-número de dificuldades, entrou para a Ordem dos Frades Menores Capuchinhos, onde em 1717 emitiu os votos religiosos.

Durante 25 anos centrou a sua atividade apostólica no sacramento da Penitência. Procurado por pessoas de todas as classes, passava horas sem fim no confessionário, abrindo aos pecadores os caminhos da misericórdia de Deus ou encaminhando para ele almas piedosas em direção espiritual. Como mestre de noviços no convento do Monte, em Turim, sendo modelo em todas as virtudes, dirigiu muitos jovens franciscanos para a perfeição seráfica.

Em 1743 estalou a guerra. Esse período borrascoso foi ocasião propícia para exercitar a caridade na assistência aos soldados hospitalizados e prestando consolação e ajuda a quantos a ele recorriam. O resto da vida passou-o a ensinar catecismo a crianças e adultos, com uma competência, diligência e aproveitamento verdadeiramente singulares.

Entretanto, também fazia cursos de exercícios espirituais, em especial a religiosas, que com a palavra e o exemplo orientava para a mais alta espiritualidade cristã e franciscana. Dele nos restam as “Meditações para um curso de exercícios espirituais”, impressas em Roma pela primeira vez em 1912. Aos 84 anos, esgotado por um intenso trabalho apostólico desempenhado com singeleza e humildade, ansioso por se unir definitivamente ao seu Senhor, voou da terra ao céu no dia 22 de setembro de 1770.

Notícias
                  
Receba as notícias e artigos da Província Santa Cruz. Cadastre seu e-mail...
Centro Administrativo | WebTop
Seth Comunicação