Falecimento de Frei Feliciano Sambeek, OFM
Notícias
            Informações             Notícias             Falecimento de Frei Feliciano Sambeek, OFM
07/06/2021 EPC Notícias Falecimento de Frei Feliciano Sambeek, OFM
A+ a-
"Vinde, benditos de meu Pai! Recebei em herança o Reino que meu Pai vos preparou desde a criação do mundo. (Mt 25,34)"

Com profundo pesar, a Província Santa Cruz comunica o falecimento de nosso confrade Frei Feliciano van Sambeek, hoje (02/06), às 11h 55min, na enfermaria do Convento São Francisco das Chagas, em Belo Horizonte – MG, aos 92 anos de idade, em decorrência de falência evolutiva de múltiplos órgãos. 

Devido à pandemia, o velório será reservado aos frades e pessoas próximas.

Frei Feliciano (Franciscus Johannes M. van Sambeek) nasceu em Veldhoven, Holanda, no dia 26/07/1928. Ingressou na Ordem dos Frades Menores em Vlodrop (Holanda), em 07/09/1946, tendo professado solenemente em 8 de setembro de 1950 na cidade de Alverna (Holanda). Foi acolhido à ordem do presbiterato em Weert (Holanda) no dia  15 de março de 1953. No ano seguinte, foi transferido para São João del-Rei. Nessa cidade estudou português e em 1955 foi transferido para Belo Horizonte para fazer o curso pré-vestibular. Já no ano seguinte iniciou os estudos de Física na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Frei Feliciano desempenhou diversos serviços na Província Santa Cruz: professor no Colégio Santo Antônio, procurador das missões, discreto, guardião, definidor provincial, diretor do Colégio Santo Antônio, secretário provincial de orientação educacional, cronista, bibliotecário, vigário paroquial em diversas paróquias, vigário de fraternidade e capelão das clarissas. Viveu nas cidade de São João del-Rei, Belo Horizonte, Santos Dumont, Divinópolis, Corinto, Taiobeiras, Pirapora, Cabo Verde e Ribeirão das Neves.

A Frei Feliciano, nossa terna gratidão por sua vida e empenho pelo Reino. Que o Senhor Ressuscitado, Aquele que venceu a morte, o receba em seu Reino e lhe conceda a mesma vida de bem aventurança compartilhada por seus filhos Francisco e Clara. E a nós, que ainda peregrinamos, que a nossa irmã morte, seja bem acolhida, como a gente acolhe o sono, depois de um dia bem ocupado.

R.I.P.

Nome:
E-mail:
E-mail do amigo:
DEIXE UM COMENTÁRIO
Notícias
                  
Receba as notícias e artigos da Província Santa Cruz. Cadastre seu e-mail...
Seth Comunicação