Conheça a primeira imagem de São Francisco que chegou ao Brasil
Notícias
            Informações             Notícias             Conheça a primeira imagem de São Francisco que chegou ao Brasil
04/10/2019 Jonildo Bacelar (via bahia-turismo.com) Notícias Conheça a primeira imagem de São Francisco que chegou ao Brasil
zonnelied van st. francisci - kapucijnenkerk - biezenmortel
A+ a-
"Francisco eis que teu dia; Acaba de raiar; Teus filhos se reúnem; ao Pai querem louvar""
Essa parece ser a primeira imagem de São Francisco trazida para o Brasil. Ela chegou em 1503 com a expedição de Gonçalo Coelho. Essa imagem se encontra atualmente em Porto seguro (Bahia) e faz parte do acervo do Museu de Arte Sacra de Porto Seguro, na Igreja da Misericórdia.
 
Essa imagem foi trazida para a primeira igreja do Brasil, que foi fundada por dois frades franciscanos, em 1503, na primeira colônia europeia da América Lusitana, em Porto Seguro. Foi dedicada a São Francisco de Assis e ficava no Outeiro da Glória.
 
Esses dois frades franciscanos menores chegaram em Porto Seguro, na expedição de Gonçalo Coelho, em 1503. Foram os primeiros missionários do Brasil, mas não se conhece seus nomes. Chegaram também colonos e militares. A igreja foi construída com a ajuda dos índios locais. Segundo Jaboatão, em 19 de junho de 1505, o povoado foi massacrado pelos índios.
 
Em 1515, outros dois missionários franciscanos, italianos, chegaram em Porto Seguro e reconstruíram a Igreja. Também construíram sua habitação junto a ela. Um deles afogou-se no Rio do Frade e foi enterrado na Igreja. O outro retornou à sua província.

A denominação "Outeiro da Glória" deriva da entoação, no local, do Gloria in excelsis Deo (Glória a Deus nas alturas), pela primeira vez no Brasil. Trata-se de um antigo hino cantado em solenidades religiosas, desde os primeiros séculos da Era Cristã.

Centro Histórico de Porto Seguro, em fotografia entre 1973 e 1984, com indicação do sítio arqueológico do Outeiro da Glória (elipse amarela). Foto do acervo de Romeu Fontana

A Igreja de São Francisco de Assis manteve-se em culto até cerca de 1730, quando entrou em processo de ruína. Em 1733, a imagem de São Francisco de Assis foi transferida para a Igreja de Nossa Senhora da Pena. No final do século 20, a imagem foi transferida para a Igreja da Misericórdia.

Em 1939, o Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional estudou a área e tirou fotos. Em 1982, a estrutura de alvenaria que sobrou da antiga Igreja (foto abaixo) já não existia. Além disso, um serviço de terraplenagem, em 1984, para a implantação de um condomínio, danificou a área do sítio arqueológico.

Entre 1999 e 2000 foram feitos estudos no sítio arqueológico do Outeiro da Glória, em preparação para as comemorações dos 500 anos de Descobrimento do Brasil. Esses estudos foram coordenados pelo arqueólogo Viva do Nascimento, resultando em dissertação de mestrado da UFBA. A estrutura, com os remanescentes da antiga Igreja, que existe hoje no local, resultou desse trabalho.

Coluna de alvenaria de pedra da primeira igreja do Brasil, em 1957 (acervo IBGE).

Nome:
E-mail:
E-mail do amigo:
DEIXE UM COMENTÁRIO
Notícias
                  
Receba as notícias e artigos da Província Santa Cruz. Cadastre seu e-mail...
Seth Comunicação