Congresso de Formação da Província Santa Cruz – terceiro dia
Notícias
            Informações             Notícias             Congresso de Formação da Província Santa Cruz – terceiro dia
06/09/2021 EPC Notícias Congresso de Formação da Província Santa Cruz – terceiro dia
A+ a-

O terceiro dia do Congresso de Formação da Província Santa Cruz, que se realiza no Seminário Seráfico Santo Antônio, em Santos Dumont - MG, foi iniciado com celebração eucarística. Após o café da manhã, os participantes se reuniram para refletir sobre a formação na Província Santa Cruz.

Na parte da manhã, pe. Jaldemir Vitório SJ assessorou os participantes a respeito da temática dos desafios para uma formação (permanente e inicial) integral, hoje. Iniciou afirmando que formação integral franciscana deve levar a sério determinados conteúdos, a serem assimilados, no desejo de preparar religiosos capazes de assumir seu papel na Igreja e na Sociedade nos passos de Francisco de Assis.

Em seguida, apresentou os entraves (individuais, congregacionais, eclesiais e socioculturais) a serem vencidos na dinâmica da formação integral, desde aqueles de caráter pessoais até os provenientes das muitas estruturas em que cada um se encontra. O desafio consiste, segundo pe. Vitório, em identificá-los, em vista de enfrentá-los e superá-los.

Por fim, pe. Vitório encerrou sua assessoria afirmando que a formação integral supõe um esforço pessoal, somado ao de tantos outros irmãos (de comunidade, de província e de Ordem). Sem tal empenho, será grande o risco de ver a vocação se esvaziar e de se mergulhar num sem sentido, na contramão do que se buscava ao optar pela vocação franciscana. Ao revés, a formação integral e permanente fará com que o “primeiro amor” se torne sempre mais consistente, em favor do Povo de Deus, dos empobrecidos e marginalizados e da luta pela sustentabilidade da Casa Comum, nos passos de Francisco de Assis. 

Na parte da tarde, foram realizadas as atividades em grupos de reflexão para fazer ressonância às assessorias de frei Hilton e pe. Vitório. Os diversos grupos sintetizaram suas contribuições a respeito dos elementos destacados das duas conferências e das luzes que foram aparecendo e apresentaram aos demais participantes do congresso de formação. É importante destacar uma riqueza desse congresso que é o fato da presença de duas outras entidades, a saber, membros da Custódia das Sete Alegrias de Nossa Senhora e da Custódia São Benedito da Amazônia.

Os grupos destacaram a importância da noção histórica da formação, visto que os congressos de formação anteriores tentaram responder à realidade de sua época (contexto social, eclesial, da Ordem) e não tiveram medo de arriscar. Além disso, percebeu-se uma preocupação em sistematizar o processo formativo, evitando o “improviso”. Além disso, os frades afirmaram a importância do coetus formatorum, a busca de uma relação saudável entre formando e formador (equilíbrio entre autonomia e autoridade), o incentivo ao senso de pertença e à transparência tanto da instituição quanto dos formandos.

Vale mencionar que nos intervalos entre as conferências e as atividades em grupos acontecem apresentações artísticas.

Após o jantar, os participantes se reuniram no ginásio para um campeonato de vôlei. A disputa foi acirrada, com direito à torcida, mas a equipe “Rio” (profissão temporária) acabou vencendo a equipe “Moscou” (aspirantado) na final do campeonato, que contou ainda com as equipes “Nairóbi” (postulantado), “Berlim” (noviciado), “Tóquio” e “Helsinki”.

Nome:
E-mail:
E-mail do amigo:
DEIXE UM COMENTÁRIO
Notícias
                  
Receba as notícias e artigos da Província Santa Cruz. Cadastre seu e-mail...
Seth Comunicação