Frei Francisco Alexandre Viana participa do IV Congresso Internacional dos Comissários da Terra Santa
Notícias
            Informações             Notícias             Frei Francisco Alexandre Viana participa do IV Congresso Internacional dos Comissários da Terra Santa
30/11/2018 Giovanni Malaspina Notícias Frei Francisco Alexandre Viana participa do IV Congresso Internacional dos Comissários da Terra Santa
A+ a-

Vindos de todas as partes do mundo, noventa participantes do IV Congresso Internacional dos Comissários da Terra Santa estão reunidos em Jerusalém, desde o dia 26 de novembro até o dia 02 de dezembro. “A Pastoral da peregrinação: acolhida, memória, evangelização é o tema central, ao redor do qual se desenvolvem as palestras e os grupos de estudos dos Frades franciscanos e leigos presentes, abordando também temas que se referem aos Comissários e Comisariados.

Fr. Marcelo Ariel Cichinelli, responsável pela Coordenação dos Comissários da Terra Santa, explicou o tema, acentuando: “ Desejamos que, na Ordem, o Frade, com o mandato de Comissário, seja visto como agente de evangelização, por ter a vocação de organizar, promover e acompanhar peregrinos que repercorram, AQUI, a História da Salvação”. 



Na abertura, esteve presente Sua Exc. Cardeal Leonardo Sandri, Prefeito da Congregação para as Igrejas Orientais, que contribuiu com um discurso centrado na relação entre a Igreja Católica e os Comissários da Terra Santa. “O trabalho dos Comissários – declarou – é fundamental. Se eles não tiverem entusiasmo no recordar a importância que a Terra Santa tem para a vida cristã, perder-se-ia o entusiasmo extraordinário para os discípulos de Cristo”.

O Custódio da Terra Santa, Fr. Francesco Patton, falou sobre o papel dos Comissários da Terra Santa e dos Comisariados, sublinhando o quanto estejam profundamente ligados à vocação missionária da Ordem Franciscana. “Quando os Comissários acompanham os peregrinos é exatamente experiência de evangelização”, disse o Custódio. “Através desse contacto físico com a Terra de Jesus passa a atenção aos que chegam aos nossos santuários, a memória que permite atualizar a experiência do Evangelho e a evangelização. A figura dos Comissários está a serviço da experiência de fé, nesses lugares”. 



A relação de Fr. Dobromir Jasztal, Vigário da Custódia, concluiu os trabalhos do primeiro dia. Ele falou da figura dos Comissários e Comissariados, sob o ponto de vista das Constituições e Estatutos gerais dos Frades Menores e Estatutos particulares e especiais da Custódia da Terra Santa. Fr. Ramzi Sidawi, Ecônomo da Custódia da Terra Santa, falou, depois, do Economato da Custódia e da relação com os Comissários, a fim de fazer clareza, resolvendo todas as dúvidas de natureza administrativa, sob o princípio da transparência.

A primeira jornada foi encerrada com a oração das Vésperas, no Cenáculo, lugar profundamentre ligado à História franciscana desde 1333, pois foi o primeiro convento e o lugar em que o Custódio acolhia os peregrinos e lhes lavava os pés, repetindo o gesto de Jesus. “Neste lugar, pedimos a profunda capacidade de viver o caminho de autêntica comunicação e profunda comunhão, a fim de cumprir o serviço ao qual somos chamados” disse Fr. Francesco Patton, Custódio da Terra Santa, no breve comentário ao texto do Evangelho de Pentecostes, lido durante a oração. “Pedimos o dom da compreensão recíproca, da reconciliação e da paz para este nosso Oriente Médio e para a humanidade inteira. Pedimos que o Espírito nos conduza à renovação interior sempre mais profunda e ao empenho de vida e serviço sempre mais generoso, na Igreja, para o bem e a salvação do mundo inteiro.” 

Nome:
E-mail:
E-mail do amigo:
DEIXE UM COMENTÁRIO
Notícias
                  
Receba as notícias e artigos da Província Santa Cruz. Cadastre seu e-mail...
Centro Administrativo | WebTop
Seth Comunicação