Frei Chico publica livro “Com Deus me deito, com Deus me levanto”
Notícias
            Informações             Notícias             Frei Chico publica livro “Com Deus me deito, com Deus me levanto”
20/07/2018 EPC Notícias Frei Chico publica livro “Com Deus me deito, com Deus me levanto”
A+ a-

Nesta obra, Frei Francisco Van der Poel amplia e atualiza o Estudo da CNBB Com Deus me deito, com Deus me levanto, publicado em 1979.

A belíssima oração "Com Deus me deito, com Deus me levanto" é rezada por muitos e não consta nos manuais oficiais de religião; sendo tão popular, parte dela foi usada como título deste livro, que traz uma seleção de rezas da tradição oral e outros elementos da rica religiosidade popular brasileira, pesquisada pelo autor durante quarenta anos. Este tesouro vem acompanhado de informações históricas, explicação e reflexões para estudiosos e rezadores. Artigos auxiliares e uma bibliografia específica completam a obra. Índices diversos facilitam a consulta.

A obra é publicada pela Paulus Editora e pode ser adquirida na loja virtual ou nas livrarias da Paulus espalhadas pelo Brasil.

Segundo Frei Francisco van der Poel, OFM – mais conhecido como “Frei Chico” – o Concílio Vaticano II ensina que “a Igreja é o povo”. Por isso, na liturgia “é o povo que celebra”. No espírito do Concílio, os Conselhos Episcopais Latino-Americanos concluíram: “Nosso povo é pobre, façamos uma opção bíblica e preferencial pelos pobres e sua religiosidade”.

"Aprendi que, nas comunidades, o povo sabe celebrar sua fé. Segundo São Paulo, o povo de Deus é um povo sacerdotal. E aqui está a razão deste livro em sua nova formal de manual de oração, continuando a ser um livro de estudo, como havia sido originalmente publicado. Só consegui escrevê-lo porque o povo acreditou que eu queria aprender com ele. Deus me deu essa graça em meus cinquenta anos de vida sacerdotal e franciscana. Aprendi que o pouco com Deus é muito". (Frei Chico)

O livro também conta uma apresenção do livro feita por Dom José Belisário da Silva, Arcebispo de São Luís do Maranhão e a introdução ficou por conta do professor José Moreira de Souza, Presidente da Comissão Mineira de Folclore (CMFL).

Segue uma pequena oração encontrada no livro. Vale a pena conferir a entrevista com uma rezadeira de Araçuaí-MG que se encontra no livro.

Oração para comungar sem confessar

  • Aqui me ajoelho, Senhor
  • Nesta mesa divinal.
  • Minha alma se alegra de ver
  • Tão rico manjar.
  • Manjar tão “incelente” (excelente)
  • Dado pelo senhor,
  • Que os pecados que eu tinha
  • E não contei ao confessor,
  • Eu agora vos digo, Senhor,
  • Sem saber quantos eles são.
  • Perdoai meus pecados
  • Na santa Mesa da Comuhão.

Informante: Josefa Alves dos Reis (natural de Sergipe), Araçuaí, MG, 06/05/1975.

Mais informações sobre a religiosidade popular podem ser encontradas aqui.

Nome:
E-mail:
E-mail do amigo:
DEIXE UM COMENTÁRIO
Notícias
                  
Receba as notícias e artigos da Província Santa Cruz. Cadastre seu e-mail...
Centro Administrativo | WebTop
Seth Comunicação